Notícias

Brasil vai defender na OEA investigação sobre conflito entre Colômbia e Equador, diz Lula

5 de março de 2008

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse hoje (4) que o Brasil vai defender na reunião extraordinária da Organização dos Estados Americanos (OEA) a realização de uma investigação sobre a ação colombiana contra integrantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no território equatoriano. “Nós queremos uma investigação na OEA para saber o que realmente aconteceu. O dado concreto é que a Colômbia violou a soberania territorial do Equador”.O presidente Lula revelou que o presidente do Equador, Rafael Correa, recusou o pedido de desculpas do presidente colombiano, Álvaro Uribe, porque o pedido “tinha que ser mais direto e ter o compromisso da Colômbia de não repetir o fato”. Para Lula, a Colômbia poderia ter pedido que o Equador fizesse a prisão dos membros das Farc que estavam em território equatoriano.Lula disse ainda que já conversou pelo telefone com os presidentes do Equador, Rafael Correa; da Colômbia, Álvaro Uribe; e da Argentina, Cristina Kirchner. Segundo o presidente, o Brasil vai trabalhar junto com os presidentes dos países da América do Sul pela manutenção da paz no continente.“É a única chance que nós temos de ver a América do Sul crescer, se desenvolver e virar um continente rico”. O presidente da República conversou com os jornalistas depois de visitar o Centro de Nanotecnologia, em Campinas, no interior de São Paulo.Fonte: Agência Brasil

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha