Notícias

Carta aberta aos professores e à comunidade de Uberaba e da região

21 de setembro de 2009

O Sindicato dos Professores de Minas Gerais (Sinpro Minas), entidade que representa os docentes da rede privada de ensino de todo o estado – com exceção de Juiz de Fora –, realizou, entre 8 e 12 deste mês, uma de suas mais vitoriosas eleições para a escolha da nova diretoria e do conselho fiscal, que serão responsáveis pela gestão nos próximos três anos. A chapa inscrita recebeu nada menos que 95,4% dos votos válidos, e mais da metade da categoria apta a votar participou do pleito.

O resultado das eleições em todo o estado surpreendeu o Sinpro Minas, porém, em algumas regiões, a participação da categoria – inibida pelo assédio moral dos donos de escolas – evidenciou a necessidade de reforçarmos a atuação e a luta sindical. Foi com esse objetivo que a formação da nova diretoria – renovada em 40% – buscou fortalecer e consolidar o sindicato nas diversas regiões do estado.

Esse resultado também evidencia a união dos professores e o reconhecimento da luta empreendida pelo sindicato ao longo de seus 78 anos de história. É por essas razões que o Sinpro Minas é hoje forte, atuante e com total autonomia, e reconhecidamente uma das entidades sindicais mais respeitadas em todo o país, com uma base de cerca de 65 mil professores de todos os níveis de ensino, contando com mais de 53 mil filiados. 

Dessa forma, o Sinpro Minas vem a público manifestar o seu repúdio a inverdades publicadas em artigos na imprensa de Uberaba, que questionam a lisura do processo eleitoral do sindicato. Tal atitude manifesta o mais claro interesse de desinformar a sociedade, com o objetivo de enfraquecer a atuação do Sinpro Minas na região e, ao mesmo tempo, fortalecer o crescente processo de mercantilização da educação.

Sempre aberto ao debate franco e democrático, o sindicato reitera aqui o seu compromisso com os docentes e a criação de um modelo educacional que tenha como premissas básicas a valorização da categoria, a educação pública e gratuita e a qualidade do ensino, e que contribua para a unidade e o desenvolvimento da nação brasileira.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha