Notícias

CNTE prepara mobilização para garantir implantação do piso nacional do magistério

21 de agosto de 2008

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) prepara uma mobilização nacional pela implantação imediata do piso nacional para os professores. O projeto de lei foi sancionado em julho, mas a constitucionalidade de alguns pontos da matéria tem sido questionada por entidades que representam os secretários de educação.

A primeira estratégia da CNTE é incentivar professores de todo país a enviarem cartas aos governadores e prefeitos para que a lei seja colocada em prática o mais rápido possível (clique aqui e acesse as cartas). Em reunião no início do mês, o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) levantou a possibilidade de governadores entrarem com ações de inconstitucionalidade contra o projeto.

“Esse é o começo de uma mobilização para que o piso se efetive na prática”, afirmou o presidente da CNTE, Roberto Leão, em entrevista à Agência Brasil. Na próxima semana, haverá uma reunião executiva da entidade para definir as próximas estratégias.

“Os professores não podem baixar a guarda, precisamos continuar lutando porque as pessoas ainda não se convenceram que a educação deve ser prioridade não só no palanque”, defendeu Leão.

Sobre a movimentação dos secretários de educação contra o projeto de lei aprovado, Leão afirmou que “a negociação já foi feita durante 14 meses”, tempo de tramitação do PL no Congresso Nacional, e que agora a discussão é sobre “a implantação completa do piso”.

O processo de mobilização será discutido com cada estado. De acordo com Leão, os professores do Rio Grande do Sul fazem amanhã (15) um dia de paralisação em defesa do piso.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha