Notícias

Comunicado à comunidade escolar

Professoras e professores em estado de greve

Informamos aos/às alunos/as e a toda comunidade escolar que as professoras e professores das escolas particulares podem entrar em greve por tempo indeterminado na próxima terça-feira, dia 24, caso o sindicato patronal insista em manter inalterada a contraproposta para a convenção coletiva. Cerca de 1.500 professores e professoras de dezenas das principais escolas de BH e região, reunidos em assembleia nesta quinta-feira, 19/04, no hall da Assembleia Legislativa, decidiram declarar estado de greve enquanto aguardam um possível recuo do sindicato patronal, que insiste em retirar direitos.

Os donos de escolas têm tentado retirar conquistas históricas da categoria, como reduzir e fracionar as férias, acabar com as bolsas de estudos, com o Adicional por Tempo de Serviço e até com o intervalo, no recreio. Por outro lado, as principais instituições de ensino aumentaram em até 12% o valor das mensalidades, ou seja, aumento quatro vezes maior que o índice de inflação acumulada, que foi em torno de 3%. Um reajuste voltado ao lucro e não à melhoria da qualidade da educação e nem para a garantia de direitos dos/as trabalhadores/as da educação. Os donos de escolas sequer oferecem a recomposição salarial aos/às professores/as.
Essa é uma posição que reflete a situação política do país. Uma conjuntura de perseguição aos direitos da classe trabalhadora, que se aprofunda desde a aprovação da reforma trabalhista. Assim, os/as professores/as estão em luta não só pelos seus direitos, mas pela qualidade da educação, que cairá se a proposta patronal for aprovada.
Contamos com a compreensão de pais, mães e alunos/as neste momento de mobilização da categoria. Todos/as estão convidados/as a também construir essa luta ao lado dos/as professores/as. A conquista e manutenção de direitos e de um salário digno representam também a luta pela valorização da educação. Professores desvalorizados, desmotivados e adoecidos não é o que queremos para a educação de nossos/as filhos/as.

Sinpro Minas

Nossos direitos, nossa luta! Nossa unidade, nossa força!

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Montes Claros
Poços de Caldas
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia