Notícias

Contee: Convencer senadores do quanto é nefasta a reforma trabalhista

“Não somos aqueles que vão abaixar a cabeça diante das primeiras dificuldades. Nossas entidades estarão nas trincheiras para enfrentar as adversidades, com muita confiança na luta”, afirmou Gilson Reis, coordenador-geral da Contee e membro da direção nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), ao falar sobre a votação do regime de urgência para a Reforma Trabalhista no plenário do Senado, que deve ocorrer nesta terça, 4.

Gilson Reis “Na semana passada, tivemos mais um grande dia de luta da classe trabalhadora, com manifestações e paralisações em todo o país contra o retrocesso na legislação trabalhista e na Previdência, bem como pelo fim do governo Temer e por eleições diretas”, lembrou Gilson, sinalizando que novas atividades devem ser realizadas nesta semana.

Cerca de 100 cidades realizaram paralisações na sexta-feira, 30, contra as reformas da Previdência e Trabalhista de Michel Temer e por eleições diretas. Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Minas Gerais realizaram fortes paralisações com intensa participação dos setores dos transportes públicos. À noite, em São Paulo, um grande ato encerrou a movimento, com cerca de 40 mil pessoas na Avenida Paulista.

Segundo Gilson, “a presença dos representantes do grande capital no Congresso é muito forte porque os grandes empresários são os maiores financiadores das campanhas políticas e investiram muito dinheiro para a eleição da maioria dos parlamentares deste Congresso, que é certamente um dos mais reacionárias da história. Mesmo assim, entraremos em contato com os senadores para mostrar-lhes como é nefasto o projeto que liquida com a Consolidação das Leis de Trabalho, a CLT”.

Fonte: Contee

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Montes Claros
Poços de Caldas
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia