Notícias

Corte hondurenha garante a deputados brasileiros que embaixada não será invadida

1 de outubro de 2009

O governo de Honduras não vai invadir a embaixada brasileira em Tegucigalpa, onde está o presidente deposto, Manuel Zelaya. A garantia foi dada pelo presidente da Corte Suprema Hondurenha ao grupo de deputados brasileiros que visita o país.

O deputado Raul Jungmann (PPS-PE) informou que o presidente da Corte Suprema de Honduras, Jorge Rivera, foi enfático na afirmação. E assegurou a integridade da embaixada, dos diplomatas e também dos brasileiros residentes em Honduras.

“Ele foi enfático. Disse que não vai existir qualquer possibilidade de invasão. Afirmou que a Corte de Justiça dava garantias disso e que poderíamos trazer ao Brasil a mensagem de que a integridade da comunidade brasileira no país está garantida”, disse.

O grupo de seis deputados viajou ontem (30) para Honduras para verificar a situação dos brasileiros no país. No encontro com Rivera, defenderam o diálogo como solução pacífica para o conflito e disseram que não concordam com as manifestações políticas feitas por Zelaya dentro da embaixada.

Zelaya está abrigado na embaixada brasileira desde o dia 21 de agosto.

Fonte: Agência Brasil

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha