Notícias

Crise amplia desigualdade de gênero em 2017 e desemprego é maior para mulheres

27 de fevereiro de 2018

Pesquisa publicada pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, divulgada nesta segunda-feira (26), aponta que a brutal crise econômica e política ampliou a desigualdade de gênero em 2017. Foram  42,5 mil demissões de mulheres a mais do que contratações.

De acordo com os dados, dos 8 setores econômicos analisados, 6 demitiram mais mulheres do que contrataram no ano passado. No ano, a criação de vagas ficou concentrada no gênero masculino. A pesquisa também aponta que o resultado foi de fechamento de 20,8 mil vagas em 2017.

Apesar de quase todos os setores terem privilegiado a mão de obra masculina, a discrepância é maior em 3 deles:

  • indústria de transformação: abertura de 7,2 mil vagas para homens e fechamento de 27,1 mil para mulheres;
  • comércio: abertura de 42,4 mil postos para homens e fechamento de 2,3 mil para mulheres;
  • serviços: abertura de 45,8 mil vagas para homens e fechamento de 8,8 mil para mulheres.

Juntos, eles representam 90% do saldo de vagas fechadas entre mulheres em 2017. A indústria de transformação, sozinha, concentra mais de 60% do total.

Na construção civil, onde cerca de 90% das vagas ofertadas são ocupadas por homens, houve  fechamento de 5,3 mil vagas ente mulheres. O corte, entretanto, foi muito mais profundo entre o gênero masculino (-98,6 mil). Apenas no setor de administração pública os sinais foram inversos: foi registrado saldo positivo entre as mulheres e negativo entre os homens.

Fonte: CTB

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha