Notícias

CTB MG e Sinpro Minas se solidarizam com vereadora de Sta. Rita do Sapucaí

A CTB Minas, em conjunto com o Sinpro Minas, emitiu, nesta quarta (8), nota de solidariedade à professora e vereadora de Santa Rita do Sapucaí, Fabiana Salgado (Avante). Na segunda-feira (6), a vereadora foi vítima de agressão, dentro da Câmara Municipal, por um empresário da cidade.

Para Valéria Morato, presidenta da CTB Minas, a violência política de gênero deve ser combatida. “Ainda somos vistas como coadjuvantes na política, mesmo sendo a maior parte da população brasileira, e não somos tratadas com respeito”, afirma. “Como mulher e professora, não posso me calar, nem esta entidade. A tolerância à prática de violências de qualquer tipo contra a mulher é inaceitável.”

Leia a nota na íntegra:

NOTA DE SOLIDARIEDADE À VEREADORA FABIANA SALGADO

A CTB Minas (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil sessão Minas Gerais) e o Sinpro Minas (Sindicato dos Professores de Minas Gerais) manifestam toda solidariedade à professora e vereadora Fabiana Salgado (Avante), de Santa Rita do Sapucaí, vítima de intimidação por um empresário local que, aos berros, interrompeu a sessão da Câmara Municipal para ameaçá-la, na última segunda-feira, 6/11. Os ataques à vereadora constituem-se em violência política contra a mulher, crime previsto na lei 14.192, em vigência desde agosto de 2021.

Não é a primeira vez que o agressor tenta acuar Fabiana. O empresário já havia afirmado que a colocaria “no forno da cerâmica até que ela virasse pó”. Por causa dessa declaração, a parlamentar conseguiu na Justiça uma medida protetiva para preservar sua integridade e saúde física, mental e psicológica.

Única mulher entre os 13 vereadores do município, Fabiana Salgado defende a valorização da educação e dos educadores, a saúde pública e a igualdade de gênero. Suas posições na Câmara despertaram ódio e ressentimento, principalmente durante o período mais agudo da pandemia de Covid-19, quando defendeu com veemência a proteção da vida e o isolamento social.

A CTB Minas e o Sinpro Minas reafirmam seu apoio à vereadora Fabiana e esperam celeridade na apuração dos fatos e do devido processo legal. A tolerância à prática de violências de qualquer tipo contra a mulher é inaceitável.

Belo Horizonte, 8 de dezembro de 2021.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Montes Claros
Poços de Caldas
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia