Notícias

Fundação Cultural Dr. Pedro Leopoldo desrespeita professores

Fundação Cultural Dr. Pedro Leopoldo desrespeita professores

 

 

O Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais (Sinpro Minas) considera um desrespeito para com os professores os descumprimentos praticados pela Fundação Cultural Dr. Pedro Leopoldo. A Faculdade Pedro Leopoldo não paga o salário até o 5º dia útil de cada mês, assim como não efetuou o pagamento da primeira parcela do 13º de acordo com a legislação trabalhista, e muito menos se comprometeu a pagar as férias e as multas referentes aos atrasos. Também não faz regularmente o pagamento da indenização por redução da jornada de trabalho.

 

A situação levou a instituição a uma crise nas relações de trabalho, gerando insatisfação de professores e alunos. Em defesa dos professores, o Sinpro Minas tomará todas as medidas cabíveis, como denúncia ao Ministério Público e ajuizamento de ações, caso a Fundação não regularize os pagamentos e assuma sua responsabilidade na gestão da Faculdade. 

 

Mesmo com todos os prejuízos, os professores da instituição se esforçam para a manutenção da qualidade do ensino e atualização de projetos pedagógicos, contribuindo para avaliações positivas nos exames nacionais. Os professores exigem respeito aos seus direitos trabalhistas e que se estabeleçam, na faculdade, condições dignas de trabalho e salário.

 

O Sinpro Minas conta com o apoio da comunidade acadêmica pela luta contra o sucateamento desta instituição e medidas que representem perda da qualidade de ensino e a mercantilização da educação. 

           

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Montes Claros
Poços de Caldas
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia