Notícias

Ganhadores do Nobel: Cortes na Ciência ameaçam o futuro do Brasil

Em carta enviada a Michel Temer, na sexta-feira (29), por 23 ganhadores do Prêmio Nobel, entre os quais o físico francês Claude Cohen-Tannoudji, repudiaram os cortes orçamentários em Ciência e Tecnologia apontando que a agenda de desmonte “comprometem seriamente o futuro do Brasil” e precisam ser revistos “antes que seja tarde demais”.

“Sabemos que a situação econômica do Brasil é muito difícil, mas urgimos o senhor a reconsiderar sua decisão antes que seja tarde demais”, diz a carta.

O documento se refere ao corte de 44% no Orçamento deste ano do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e o novo corte programado para 2018 que deverá ser da ordem de 15%, caso o orçamento seja aprovado pelo Congresso.

“Isso danificará o Brasil por muitos anos, com o desmantelamento de grupos de pesquisa internacionalmente reconhecidos e uma fuga de cérebros que afetará os melhores jovens cientistas”, enfatiza o documento.

“A situação é trágica, não há outra palavra para descrevê-la”, disse o pesquisador David Gross, da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo. Ele foi o vencedor do Nobel de Física em 2004.

Para David, muitos jovens pesquisadores brasileiros vão desistir da carreira científica ou migrar para outros países, mais favoráveis à ciência.

Fonte: Portal Vermelho

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha