Notícias

Greve na UnincorProfessores realizam assembleia nesta quinta (28/1)

26 de janeiro de 2010

Os professores da Unincor realizam uma assembleia na próxima quinta-feira (28/1), às 17 horas, na sede do Sinpro Minas (rua Jaime Gomes, 198, Floresta). Na oportunidade, serão discutidas as próximas ações dos docentes diante dos atrasos salariais e das condições precárias de trabalho.A situação na Unincor é um dos exemplos de descaso com os professores. A universidade não paga salários há meses, fato que provoca indignação por parte dos docentes. Nas unidades de Betim, BH e Ibirité, oito salários estão atrasados, correspondentes ao período entre julho/2009 e janeiro de 2010. Na unidade de Três Corações, onze folhas de pagamento estão em atraso, compreendendo o período entre os meses de maio/2009 e janeiro/2010. Em Pará de Minas, são sete folhas atrasadas. Na última reunião, realizada no dia 11 de dezembro, na Superintendência Regional do Trabalho, a DDOTrevisan – empresa que assumiu a gestão da Universidade, a partir da intervenção do Ministério Público – não apresentou nenhuma proposta de solução das irregularidades trabalhistas. No entanto, mesmo sem apresentar solução para os problemas, a Unincor já divulgou arbitrariamente o calendário de reposição das aulas sem consultar os docentes e o Sinpro Minas, desconsiderando o movimento grevista dos professores.    Mais uma vez, a pedido do sindicato, foi agendada uma reunião para o dia 4 de fevereiro com os administradores da instituição de ensino, na tentativa de solucionar os problemas e possibilitar o retorno às aulas.

EstadualizaçãoA situação na Unincor é tão grave que a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa criou, no dia 9 de dezembro, uma comissão de deputados para acompanhar o processo de discussão da estadualização da Universidade. Neste ano, tanto o substitutivo de lei quanto a proposta de emenda constitucional que versam sobre o assunto estarão em tramitação na Assembléia Legislativa de Minas Gerais. Será preciso o apoio de toda a comunidade acadêmica e da sociedade para os projetos avançarem.Também é importante ressaltar que a mobilização coletiva é essencial para buscar soluções para os problemas da categoria. As assembleias são instrumentos legítimos para o exercício da democracia e os professores devem fazer uso do direito de manifestarem-se. Participe!

Assembleia de professores da UnincorDia: 28/1/2010Hora: 17 horasLocal: Rua Jaime Gomes, 198, Floresta (Sinpro Minas)Pauta: Atrasos salariais, condições de trabalho, entre outros assuntos.

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha