Notícias

Rumo aos dias 8 e 15 de março: todos contra as reformas de Temer

Rumo aos dias 8 e 15 de março!

Com a proximidade dos dias 8 de março — Dia Internacional de Mulher — e 15 de março — data da greve geral da educação contra os ataques aos direitos trabalhistas e previdenciários, convocamos todos/as para as mobilizações. Fiquem atentos às datas das manifestações em sua cidade!

Mulheres saem às ruas em Belo Horizonte

“Aposentadoria Fica, Temer Sai. Paramos pela Vida das mulheres”. Essa será a palavra de ordem do próximo 8 de março, Dia Internacional da Mulher. A marcha desse ano, organizada por entidades dos movimentos sociais, terá como objetivo denunciar a retirada de direitos sociais promovida pelo Governo Temer, que inviabiliza a aposentadoria da população e retira direitos trabalhistas constitucionais.

Na capital mineira, a concentração será na Praça da Liberdade, a partir das 16 horas, com caminhada por algumas ruas do centro da cidade. Para a diretora do Sinpro e coordenadora da Rede Estadual de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, Terezinha Avelar, é fundamental que todos participem da manifestação como forma de resistência a mais esta medida do governo golpista de Michel Temer.

Mulheres unidas contra a reforma previdenciária

A  diretora do Deasinpro, professora Antonieta  Shirlene, convoca todas as mulheres para uma grande manifestação contra as reformas trabalhista e previdenciária, no 08 de março –  Dia Internacional da Mulher.

Dia Internacional da mulher: Muita Luta!

A integrante da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher de Minas Gerais, Daniela Tiffany,  convoca todas as mulheres para participar da manifestação do dia 8 de março, quando mulheres de todo  Brasil se unirão na luta contra Nenhum Direito a Menos.

Rede convoca mulheres para 08 de março!

Professoras serão afetadas pelas reformas

A Contee elaborou materiais para convocar a todos para as mobilizações dos dias  8 e 15 de março. O primeiro destina-se especificamente às professoras da educação básica, que estão entre as mais prejudicadas pela reforma da Previdência. O segundo é uma convocação geral, mostrando os ataques representados pela PEC 287 para todas as categorias.

Cartaz_Professoras unidas

Cartaz_Nenhum direito a menos 2

Marcha das mulheres será mundial

A marcha do 8 de março está sendo construída de forma unificada, em conjunto com organizações protagonistas na luta pela emancipação da mulher, como a União Brasileira de Mulheres (UBM), Marcha Mundial de Mulheres, Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), entre outras entidades juvenis e do movimento estudantil.

Neste ano, além dos atos que ocorrerão no Brasil, mulheres argentinas que mobilizaram o “Ni Una Menos” e estadunidenses que lutam contra as políticas de Trump, também sairão às ruas e unificarão suas bandeiras com outros países. Maria das Neves, diretora da União da Juventude Socialista (UJS) e União Brasileira de Mulheres (UBM), participa da comissão organizadora da Marcha Mundial das Mulheres e explica que a ação internacional tem como centro “apoiar e nos solidarizar, a partir das nossas pautas centrais: Reforma da Previdência, Trabalhista e Fora Temer”, diz.

A jovem considera o momento de mobilização total contra as ameças ofertadas pelo consórcio golpista. “É fato que em todo o mundo as mulheres se mobilizam, no entanto, a conjuntura brasileira impõe um contexto muito específico, a luta incondicional em defesa das trabalhadoras, neste momento seriamente ameaçadas com a Reformas do governo Michel Temer. Portanto, sairemos às ruas contra esse cenário”, avalia Maria das Neves. “A UBM está convocando toda sua militância para o próximo 8 de março. Convidaremos a juventude a parar suas escolas e universidades e toda mulher que puder participar faço o convite para marchar conosco na Praça da Sé, em SP, às 15 horas”, conclui Maria.

Com Portal Vermelho

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha