Notícias

Professores pagam meia na peça A paixão segundo Shakespeare

27 de outubro de 2016

Os professores sindicalizados ao Sinpro Minas pagam meia na peça A paixão segundo Shakespeare, em cartaz no Teatro da Cidade de quinta a sábado às 20h30 e domingos às 19 h. Basta apresentar a carteira do sindicato na bilheteria.

Cartaz peça

Hamlet, Othelo, Romeu e Julieta, Julio César, Macbeth e o Mercador de Veneza, são os textos escolhidos por Jota Dangelo para compor um painel da obra de William Shakespeare num espetáculo que dá ênfase à paixão, um dos temas preferidos do bardo inglês que este ano é reverenciado com montagens, exposições, seminários, debates em todo mundo, quando se completam 400 anos de sua morte.

A montagem agora levada à cena pelo Teatro de Pesquisa – Cia do Teatro da Cidade, dirigida por Pedro Paulo Cava, faz uma releitura mais contemporânea das obras de Shakespeare, incluindo citações, versos, poemas, projeções que contextualizam as várias ações transcorridas na peça. A paixão pelo poder, pelo dinheiro, pela mulher amada, pelo amigo morto, pelo teatro são alguns dos temas abordados neste espetáculo.

Shakespeare era um especialista da condição humana e suas angústias, prazeres, vilezas, tramas e ardis. O homem é sempre o centro do universo deste autor, que não mede conseqüência para retratar sua época e exatamente porque os sentimentos humanos não mudaram ao longo dos séculos, ele é o autor mais representado em todo o mundo.

Suas peças se eternizaram e são sempre atuais, pois vão além das tramas, enredos, comédias e tragédias que ele legou à humanidade. Elas esmiúçam a alma controversa do ser humano e expõe suas vísceras através das suas paixões. Por isso mesmo, atemporais e universais.

Nesta nova montagem de Pedro Paulo Cava, as personagens parecem retiradas de seu contexto histórico e jogadas nos dias de hoje através de uma companhia de atores que se reúnem para falar de amor, morte, dor, vingança, ódio, amizade e política. Temas mais que presentes na vida de todos. São vários atores que se revezam por muitas personagens costurando um retrato atual trágico e bem humorado das paixões humanas.

A PAIXÃO SEGUNDO SHAKESPEARE

EM CENA:

ANDRÉIA GARAVELLO – Parca

ANA CÂNDIDA – Desdêmona

FABIANE AGUIAR – Emília / Julieta

MARIA CECÍLIA MANSUR – Lady Macbeth

GERALDO PENINHA – Iago / Baltazar

GUSTAVO MARQUEZINI – Hamlet / Antonio

JEFFERSON DE MEDEIROS – Cássio / Romeu / Bassânio

JOSÉ MARIA AMORIM – Otelo / Doge de Veneza

LUCIANO LUPPI – Shylock / Diretor da Companhia

MARCELO DO VALE – Marco Antonio / Macbeth / Salânio

FORA DE CENA:

Textos e Roteiro – Jota Dangelo

Figurinos – Alexandre Colla –

Cenário e objetos de cena – Felício Alves e Paulo Viana

Confecção de cenário – Cia. Cenográfica

Adereços e máscaras – Claudia Marinuzzi

Assistência de Direção – Luiz Gomide

Produção Executiva – Fabiano Galdino

Fotos – Guto Muniz

Programação Visual – Márcio Miranda

Administração – Kátia Báo e Marcela de Lazzari

Técnicos – Flávio Picardi e Pedro Melo

Maquiagem – Regina Mahia

Confecção de Figurinos – Dutty Botelho e Márcia Correa

Produção – Teatro de Pesquisa – Cia do Teatro da Cidade

Iluminação, trilha sonora e direção – Pedro Paulo Cava

Patrocinam a Manutenção do Teatro da Cidade e este espetáculo:


CBMM – Cenibra – Funeral House – Ingleza – Mate-Couro – Unimed-Bh

Instituto Unimed-BH

Teatro da Cidade – Rua da Bahia, 1341-Centro – Tel (31) 3273-1050

www.teatrodacidade.com.br

teatrodacidade@teatrodacidade.com.br

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha