Notícias

Reajuste de 5% representa achatamento salarial para aposentados

10 de março de 2008

O reajuste dos segurados do INSS será de apenas 5%. O Sinpro Minas avalia que esse percentual está muito aquém da necessidade de valorização dos trabalhadores aposentados e representa o achatamento dos benefícios pagos pela Previdência Social. O Sinpro defende uma política de reajuste para as aposentadorias que acompanhe a recuperação do salário mínimo e garanta o poder de compra dos segurados.

O aumento está em vigor desde o dia 1º de março, e será pago em abril. Terá direito aos 5% quem já recebia o benefício em março de 2007; quem passou a receber de abril em diante terá reajuste proporcional. A portaria que define o reajuste já foi assinada pelo ministro da Previdência Social, Luiz Marinho, e deverá ser publicada nesta semana. Atualmente, 8,1 milhões de segurados, de um total de 25 milhões, recebem mais que o mínimo. Pela regra definida pelo governo, o reajuste tem como base a inflação pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que será divulgada pelo IBGE no dia 11/03.

Se o índice for confirmado, todos os aposentados que ganhavam de R$ 380 a R$ 395,24 até o mês passado passarão a ganhar automaticamente R$ 415. É que o valor mínimo a ser pago pelo INSS não pode ser inferior a R$ 415. Quem recebia R$ 395,25 ou mais terá os 5%.

O presidente da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap), Benedito Marcílio, declarou que os segurados ficaram “decepcionados” com o percentual de aumento. A entidade protocolou, no dia 6 de março, no Palácio do Planalto e no Ministério da Previdência, uma carta reivindicando um reajuste igual ao que foi dado ao salário mínimo, de 9,21%.

Segundo ele, o aumento do mínimo impacta preços como os alimentos da cesta básica e medicamentos e, por isso, o reajuste precisa ser igualitário. No dia 2 de abril a entidade pretende realizar no Congresso Nacional um dia de mobilização e pressão sobre os parlamentares por essa reivindicação.

Com agências

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha