Notícias

Sessão lotada no cineclube Joaquim Pedro de Andrade

24 de abril de 2009

O cineclube Joaquim Pedro de Andrade ficou pequeno nessa quinta-feira. Cerca de 150 pessoas lotaram as duas salas de exibição para assistir à sessão especial do filme Entre os muros da escola. Após a exibição, houve um rico debate com o presidente do Sinpro Minas, Gilson Reis, o psicólogo e professor da Faculdade de Educação da UFMG Marcelo Ricardo Pereira, o professor, roteirista e pesquisador de cinema Ataídes Braga e os participantes.

Segundo Marcelo Ricardo Pereira, o filme possui um tom hiper-realista e aborda de forma interessante aspectos do ambiente escolar, como a desautorização docente. “Estamos desautorizados ou a autoridade foi deslocada?”, questiona o professor.

Para Gilson Reis, o filme é universal, embora retrate uma escola na França. “As questões são amplamente individualizadas. Não temos uma relação social. As pessoas se isolam, sem nenhuma ação coletiva. Essas dimensões colocadas pelo filme levantam a discussão sobre qual sociedade é essa e o que queremos projetar para todos nós”, avalia o presidente do Sinpro. Esse quadro de isolamento foi classificado pelo psicólogo e professor da UFMG como uma espécie de “altismo social”. 

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha