Notícias

Sindicato repudia demissões arbitrárias no Colégio Arnaldo

O Sinpro Minas repudia as recorrentes demissões de professores no Colégio Arnaldo, em Belo Horizonte. A diretoria do sindicato esclarece que a direção da escola adotou uma postura arbitrária e antissindical, ao demitir professores que se posicionaram publicamente em defesa dos direitos dos trabalhadores e se envolveram nas manifestações organizadas pela categoria.

O Sinpro Minas esclarece ainda que todos os trabalhadores têm o direito de fazer reivindicações e expressar suas opiniões sem que sejam punidos por isso. A diretoria ressalta também que todos os docentes que sofrerem algum tipo de perseguição ou opressão dentro das escolas devem procurar imediatamente o Sinpro Minas e relatar o ocorrido, para que as medidas cabíves sejam tomadas com o objetivo de preservar os direitos dos professores.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Montes Claros
Poços de Caldas
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia