Notícias

Sinpro Minas condena racismo em curso da PUC Minas

O Sinpro Minas condena, de forma veemente, atitudes racistas como a que ocorreu na última sexta-feira (29/3), em uma unidade da PUC Minas em Belo Horizonte, durante uma aula do curso de medicina veterinária.

Na ocasião, uma professora da instituição de ensino fez um comentário racista sobre a aparência de um jovem estudante negro, que passou em sala de aula para divulgar informações sobre um congresso estudantil.

Trata-se de uma atitude inaceitável, que merece o repúdio de todos aqueles que buscam a construção de uma sociedade justa e sem preconceitos.

Espera-se de um docente uma postura condizente com a promoção, no ambiente escolar, de um espaço plural, de debates e promoção de igualdades – e não o contrário, como o ocorrido nesse recente episódio.

Dessa forma, o Sinpro Minas reafirma o seu repúdio à conduta da professora, com a certeza de que tal postura também é condenada por toda a comunidade docente.

O sindicato também se solidariza com o estudante vítima de racismo e espera que as providências sejam devidamente encaminhadas pela instituição de ensino, com a finalidade de evidenciar para a sociedade que não é conivente com tais atitudes.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha