Notícias

Sinpro Minas repudia ataques nazistas à conferência em Divinópolis

11 de fevereiro de 2022

O Sinpro Minas manifesta veemente repúdio à ação criminosa de nazistas na 1ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Divinópolis, realizada virtualmente nesta quinta-feira (10/2).

Durante a conferência, os criminosos invadiram a sala virtual e postaram símbolos e saudações nazistas, além de vídeos pornográficos. Uma atitude execrável, que coloca em risco a democracia brasileira.

Seus autores devem ser rapidamente identificados e punidos, conforme determina a legislação brasileira, que define como crime a apologia ao nazismo, com pena de reclusão. Não podemos permitir que ações como essa prosperem no tecido social e permaneçam sem a devida resposta do Estado brasileiro.

Sob nenhum pretexto podemos tolerar a atuação daqueles que insistem em propagar e defender o ódio contra minorias. Não se trata de algo menor, isolado, como se não merecesse a devida atenção da sociedade. Trata-se de práticas violentas e criminosas, que resultam em mortes, promovidas por grupos neonazistas e seus correlatos, avessos ao convívio social, ao respeito, aos valores humanos e aos princípios democráticos.

Dessa forma, o Sinpro Minas condena de forma veemente os ataques nazistas e espera que, em breve, os autores desses atos abomináveis sejam investigados e presos. O sindicato também reafirma o seu apoio aos debates da 1ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Divinópolis, que buscam definir medidas para enfrentar o racismo e outras formas de discriminação étnico-racial e de intolerância religiosa.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha