Notícias

Sinpro recebe homenagem na Assembléia Legislativa

1 de dezembro de 2008

O Sinpro Minas recebeu, na noite do dia 28 de novembro, no plenário Juscelino Kubitschek da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, uma homenagem da Casa pelos seus 75 anos. Antes do início da cerimônia, o sindicato também prestou homenagem aos dois sindicalizados mais jovens e aos dois mais velhos, como forma de reconhecer e valorizar a luta da categoria na construção da sua história. 

Rebeca Machado Buarque, de 19 anos, foi uma das homenageadas. Professora de idiomas, ela contou que foi incentivada pelos pais a se sindicalizar assim que começou a lecionar, no início de 2008. “Estudei com bolsa concedida pelo Sinpro, o que considero um grande benefício para os professores, mas decidi me sindicalizar porque meus pais me esclareceram sobre a importância do sindicato, sempre presente e atuante e que batalha muito pela classe no que diz respeito às nossas conquistas salariais”, afirmou. 

O outro jovem professor homenageado com uma placa comemorativa dos 75 anos do Sinpro Minas foi Leonardo da Silva Rodrigues, também de 19 anos. “Foi emocionante e me pegou de surpresa, pois acabei de me sindicalizar por considerar importante ter um órgão para defender os nossos direitos e nos informar sobre os acontecimentos de nosso interesse”, declarou.

Ainda mais emocionados estavam os sindicalizados mais velhos. José Moreira Lages, de 80 anos, e Neusa Pimenta de Almeida, de 86 anos, ficaram muito felizes com a homenagem. Sindicalizado desde 1955, tempo em que o sindicato nem possuía uma sede, Lages destacou o papel do Sinpro Minas como um sindicato lutador. “Rapazes e moças corajosos fizeram a história dessa entidade e enfrentaram tempos difíceis”, lembrou.

Defesa dos direitos da categoriaO deputado Carlin Moura (PCdoB), autor do requerimento para a realização da solenidade, afirmou que não há educação de qualidade sem a valorização dos profissionais envolvidos na formação dos alunos. “Desde sua fundação, em 1933, o Sinpro tem cumprido um papel fundamental na defesa dos direitos dos professores e na promoção de um ensino com mais qualidade em nosso estado”, elogiou o parlamentar.

Carlin Moura também destacou a atuação do sindicato na redemocratização do país e lembrou aos presentes a atuação constante da entidade na Comissão de Educação da Assembléia Legislativa, contribuindo para a elaboração de leis mais avançadas e democráticas.

Depois de agradecer a presença de todos, o presidente do Sinpro Minas, Gilson Reis, disse que se sentia honrado com a homenagem e muito feliz por representar o sindicato na comemoração dos seus 75 anos. “A nossa entidade participou dos grandes debates da história do Brasil. Milhares de pessoas foram responsáveis por essa trajetória de lutas e conquistas”, afirmou.

Gilson Reis denunciou o pouco investimento público em educação e a mercantilização e desnacionalização do ensino no país. Segundo ele, muita discussão tem sido feita e pouco se tem avançado na direção de um projeto de educação de qualidade e inclusiva. “Se hoje estamos aqui é porque o Sinpro é respeitado pelo que faz, pelo que fez e pelo que fará, lutando para construir uma nação”, argumentou o presidente do sindicato. 

O deputado Lafayette de Andrada (PSDB), que representou o presidente da Casa, Alberto Pinto Coelho (PP), afirmou que a defesa do ensino e dos profissionais da área da educação tem que ser prioridade na política. “Além de investimentos em escolas, é preciso investir no professor, vendo-o como um profissional que precisa exercer com dignidade a sua função, estratégica para o desenvolvimento nacional”.

Além dos parlamentares citados, do presidente do sindicato e da professora Neusa Pimenta de Almeida, compuseram a mesa durante a solenidade o secretário de Finanças da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee), José Roberto Torres Machado; a presidente em exercício da Federação Interestadual dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Fitee), Cristina de Castro; e o presidente do Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar de Minas Gerais (Saae-MG), Carlúcio Cléber Borges Araújo.

Atividades culturais e educacionaisPara comemorar a data, o sindicato promoveu, neste ano, diversas atividades educacionais e culturais, como a inauguração do Centro de Referência dos Professores da Rede Privada – Sinpro Cerp (rua Tupinambás, 179 – 14º andar – Centro – BH), a reinauguração do Cineclube Joaquim Pedro de Andrade, que traz, todo mês, uma programação gratuita de filmes e documentários, a realização do 10º Consinpro e do seminário de valorização da categoria, entre outros eventos.

Com informações da ALMG.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha