Notícias

Sinpro reitera discordância em relação à demissão de professores do Pitágoras

31 de maio de 2010

Em reunião na manhã desta segunda-feira (31/5), na Superintendência Regional do Trabalho (SRT), representantes da Kroton/Iuni (mantenedora da Faculdade Pitágoras) apresentaram um documento acerca do novo modelo pedagógico. Mas, conforme uma análise prévia feita pelo Sinpro Minas, o documento entregue não traz detalhes acerca de itens como redução da carga horária de professores e garantia de empregos. Até a assembleia desta quarta (2/6), que será realizada no Sinpro Minas, às 15h, a comissão eleita na última sexta fará um estudo do documento. Na reunião, o grupo empresarial apresentou uma proposta que prevê a não redução da carga horária para os professores que permanecerem na instituição de ensino e a oferta de bolsas de estudos aos que forem demitidos. Porém, eles não informaram números. Disseram apenas que somente depois do vestibular é que poderão definir essa relação. O Sinpro Minas reiterou a discordância em relação à redução da carga horária e à demissão em massa de professores e voltou a afirmar que está atento para defender os interesses da categoria. O sindicato ressalta que esse cenário de desinformação e indefinição gerado pela Kroton, além de ser um desrespeito com toda a comunidade acadêmica, tem resultado num quadro de insatisfação muito grande entre professores e estudantes, o que não favorece a qualidade da educação. Nova reunião na SRT foi agendada para 7/6, às 9h.  

Clique aqui e confira a ata da reunião.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha