Notícias

Suspensas as demissões na Estácio de Sá

13 de julho de 2009

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MG) concedeu ao Sinpro Minas uma liminar suspendendo as demissões em massa na Estácio de Sá. Na semana passada a instituição demitiu 78 professores, o que representa 25% do quadro docente da instituição. Uma reunião entre as partes foi marcada para 15 de julho e nova audiência de conciliação acontece em 20 de julho.

Os professores demitidos têm contrato de trabalho firmado antes de 2005, o que lhes garantia um salário 30% maior que os admitidos após esse período. A proposta da Estácio, para a manutenção dos empregos, é reduzir em 30% o salário dos contratados com piso superior.  Para o presidente do Sinpro Minas, Gilson Reis, o Sindicato não aceita fazer acordo para a redução de salários e lesivo aos professores. “O Sinpro exige a suspensão das demissões e a equiparação salarial, levando-se em consideração o piso superior sem cortes”, afirma. 

Conforme a decisão judicial, os professores que, nesse período, queiram ser dispensados pela instituição de ensino, têm o direito de se pronunciar perante o sindicato, de forma pessoal e individual, devendo procurar (pessoalmente) um diretor do Sinpro Minas até esta quarta-feira, 15/07.

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha