Notícias

Trabalhadores em educação decidem pela continuidade da greve

19 de maio de 2010

A greve dos trabalhadores em educação da rede pública estadual continua, e nova assembleia acontece no dia 25/5, às 14h, no Pátio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).  Essa foi a decisão tomada por cerca de 15 mil servidores nessa terça-feira.

Após a assembleia, os servidores seguiram em passeata até a Praça Sete e, nas escadarias da Igreja São José, fizeram uma espécie de Tribunal do Júri para denunciar o descaso do governo com a educação em Minas.

Durante a semana e até a próxima assembleia, a estratégia do Sind-UTE/MG, por meio de suas subsedes, será a realização de atividades locais em todas as regiões do estado. Além das escolas paradas, a intenção é agregar novas adesões à greve, iniciada em 8 de abril, e ampliar o diálogo com a sociedade.

Segundo a coordenadora-geral do Sind-UTE/MG, Beatriz Cerqueira, a categoria vai marcar presença também na abertura da Fenamilho (Festa do Milho, em Patos de Minas), quando deverão participar diversas autoridades. A intenção é fazer uma verdadeira caça ao governador Anastasia e insistir com ele numa agenda positiva de negociação com os trabalhadores em educação.

Fonte: Sind-UTE/MG

Leia também: Nota de apoio aos trabalhadores da rede estadual de ensino

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha