Notícias

Truculência da polícia durante protesto estudantil em Montes Claros

24 de abril de 2008

A diretora do Sinpro Minas, Celina Arêas, dirigente da CTB e da Contee, foi presa na manhã de hoje (24/04) durante protesto estudantil em Montes Claros. Além dela, outras 10 pessoas foram detidas e estão, neste momento, prestando depoimento na delegacia da cidade. Cerca de 600 estudantes secundaristas, além de lideranças políticas, protestavam em frente à prefeitura pela criação do meio passe no transporte coletivo municipal. Segundo o representante do movimento estudantil, Francisco Junior, a questão do meio passe é discutida na Câmara Municipal há pelo menos 15 anos e nunca avança. Na quarta-feira, uma comissão estudantil tinha uma reunião marcada com o prefeito, Athos Avelino Pereira (PPS), e com representantes da empresa que gerencia o trânsito na cidade para tratar da questão, mas o encontro foi cancelado. Nesta quinta, os estudantes resolveram realizar o protesto, que acabou em confusão e repressão policial. Várias pessoas foram atingidas por bombas de gás, balas de borracha e mordidas de cães. Os feridos estão sendo atendidas nos hospitais da cidade. O Sinpro Minas repudia a ação truculenta da polícia, que tentou impedir a manifestação pacífica dos estudantes por seus direitos, e que deteve arbitrariamente a professora Celina Arêas.Com agências

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha