Notícias

Professores de Montes Claros são incluídos no grupo prioritário de vacinação 

Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

A prefeitura de Montes Claros publicou nessa segunda-feira (8/2) um decreto que inclui os professores das redes pública e privada do município na escala prioritária de vacinação contra a Covid-19.  

A decisão ocorreu após o Sinpro Minas protocolar um ofício na administração municipal, em que pede a inclusão da categoria no grupo prioritário de vacinação e se coloca à disposição para discutir os protocolos de retorno, para o momento em que a volta às aulas presenciais for possível.  

“É uma importante vitória dos professores. Temos encaminhado para todas as prefeituras esse ofício, em que mostramos a importância de incluir a categoria no grupo prioritário de vacinação e nos colocamos à disposição para conversar sobre os protocolos de retorno, com o objetivo de garantir a segurança da comunidade escolar quando houver condições de volta às atividades. A decisão representa um avanço e demonstra realmente que a educação está sendo tratada como uma área essencial”, afirma a presidenta do Sinpro Minas, Valéria Morato.  

De acordo com o decreto, os professores de Montes Claros serão vacinados logo após profissionais de saúde, idosos, pessoas com comorbidades e portadores de deficiência física e mental internados em instituições.  

Na cidade, a defesa da inclusão dos professores no grupo prioritário de vacinação contou com a participação do vereador Daniel Dias (PCdoB), presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal. Ele recebeu a diretora do Sinpro Minas Nalbar Rocha, para conversar sobre o assunto, e também encaminhou o ofício do sindicato à prefeitura, reforçando o pedido.   

“Continuamos à disposição da prefeitura para discutir como se dará a vacinação dos professores e esperamos que as outras cidades e o governo estadual entendam a importância de incluir a categoria no grupo prioritário. Vamos manter os nossos esforços e as nossas ações para que os professores possam passar por esse momento delicado da melhor forma possível”, destacou Valéria Morato.    

Vacina antes das aulas 

No início deste mês, a Turquia anunciou que todos os professores do país receberão a vacina contra o novo coronavírus antes da reabertura das escolas, programada incialmente para março, conforme noticiou a agência Reuters.  

Comentários (0)

Deixe um comentário