Notícias

Cineclube exibe em março filmes com a temática “A mulher e as artes”

26 de fevereiro de 2009

Neste mês de março, o Cineclube Joaquim Pedro de Andrade vai exibir filmes com a temática “A mulher e as artes”. Confira a programação abaixo e participe!

Cineclube Joaquim Pedro de AndradeRua Tupinambás, 179 – 14º andarCentro – Belo Horizonte/MGEntrada franca – Informações: 3115-3000

Programação do mês de marçoA mulher e as artes

  • Dia 10 terça-feira – 19horas Frida

    Diretor: JulieTaymor – 2002 Drama – 122 minutos

    Frida Kahlo foi um dos principais nomes da história artística do México. Conceituada e aclamada como pintora, ela teve também um casamento aberto com Diego Rivera, seu companheiro nas artes, e ainda um controverso caso com o político Leon Trotsky. 

    Debatedora: Brígida Campbell – artista plástica,designer, mestre em artes visuais pela EBA-UFMG. Trabalha no Instituto Inhotim (www.inhotim.org.br) e faz parte do Poro (www.poro.redezero.org).

  • Dia 17 terça-feira – 19horas Camille ClaudelDiretor: Bruno Nuytten – Drama – 1988 – 166 minutosParis, 1885, a jovem escultora Camille Claudel entra em conflito com sua família burguesa ao tornar-se aprendiz e assistente do famoso Auguste Rodin.Se transforma em amante do mestre e cai em desgraça junto à sociedade parisiense.Quinze anos depois rompe o romance e mergulha na solidão e na loucura.É internada em 1912 num manicômio.Debatedora: Jovita Levy – professora de francês e artista plástica.

  • Dia 24 – terça-feira – 19horas – Eternamente PagúDiretora: Norma Benguel – 1988 – Drama – 100 minutosPatrícia Galvão, ativista política, literária e artística, que escandalizou a sociedade burguesa brasileira na primeira metade do século, torna-se musa da poesia modernista, vive um romance com Oswald de Andrade, filia-se ao Partido Comunista e quase é deportada para a Alemanha nazista.Após sua volta ao Brasil, é presa e, ao sair, rompe com o partido e se dedica ao teatro de vanguarda.Debatedora: Carmélia Viana – Psicóloga, atriz e membro do Conselho Municipal da Mulher.

  • 31 – terça-feira – 19horas – Piaf Hino ao Amor Diretor: Olivier Dahan – 2007 – 140 minutosEdith Piaf, abandonada pela mãe, foi criada pela avó, dona de um bordel na Normandia. Dos 3 aos 7 anos de idade fica cega, recuperando-se milagrosamente. Mais tarde vive com o pai alcoólatra, a quem abandona aos 15 anos para cantar nas ruas de Paris. A vida sofrida é coroada com o sucesso internacional. Fama, dinheiro, amizades, mas também a constante vigilância da opinião pública.Debatedora: Jalmelice Luz – Jornalista, integrante da UBM em Minas, diretora da Casa do Jornalista, pós-graduada em comunicação social e mestranda em Educação e Gestão Social. 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha