Notícias

Contee apresenta campanha à OAB

12 de março de 2008

Os conselheiros federais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) conheceram, nessa terça-feira (11), a campanha nacional Educação não é mercadoria, lançada em abril do ano passado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee).

A coordenadora-geral da Contee, Madalena Guasco, e o secretário de Assuntos Institucionais da entidade, José Tadeu Almeida, apresentaram as peças publicitárias e os vídeos da campanha, que denuncia a mercantilização da educação brasileira e critica a venda de instituições de ensino superior privadas para o capital internacional.

Na sessão plenária, o presidente nacional da OAB, Cezar Britto, afirmou que o Brasil apostou muito mais na quantidade do que na qualidade de seus cursos, frustrando o sonho daqueles que buscam a inclusão social por meio do saber. Os conselheiros da OAB deram total apoio à campanha e conheceram as estatísticas da Contee acerca da mercantilização da educação.

Segundo dados apresentados pela Confederação, há hoje, no Brasil, 2.541 instituições de ensino privadas e 257 públicas. Em número de matrículas, são mais de 4,4 milhões nas instituições privadas e cerca de 1,4 milhão nas instituições públicas. Conforme avalia a Contee, os números demonstram a transformação da educação brasileira em mercadoria, em detrimento do fortalecimento do setor público.  

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha