Notícias

Negociações avançam no Uni-BH

17 de março de 2010

Na última reunião da comissão de negociação do Uni-BH (composta por diretores do Sinpro Minas e gestores da instituição de ensino) realizada no dia 9 de março, foi criada uma força tarefa para apurar os valores das resilições dos anos de 2005 a 2010 e das multas por atraso de pagamento de salários de 2008 e 2009. Participarão do levantamento de dados Manuela Vasconcellos, gerente de gestão do Ânima, um representante dos setores financeiro e jurídico e do departamento pessoal do Uni-BH, um diretor do Sinpro Minas e a presidente da Ad-Uni. O objetivo é agilizar a apuração dos valores e conseqüentemente acelerar o pagamento aos professores.

 

Sobre a falha nos cálculos do 13º salário de 2009, que foram calculados como se as resilições dos professores que perderam aulas para o segundo semestre do ano tivessem sido pagas, a direção da instituição de ensino afirmou que a diferença será automaticamente incluída no pagamento das resilições.

 

Quanto ao erro na folha de pagamento de fevereiro de 2010, o Uni-BH criou um canal de informação entre os professores e o Departamento de Recursos Humanos/Gestão de Pessoas para que possa ser feita a revisão dos valores. O professor deverá entrar em contato com a funcionária Sibeli Parenti no telefone: 3319-9227 ou pelos emails: sibeli.parenti@unibh.br, gestaodepessoas@unibh.br, manuvasconcellos@unibh.br, manuvasconcellos@animaeducacao.com.br. Também foi informado que os contracheques com os valores a serem recebidos em março serão disponibilizados no dia 17/3.

 

Em relação à demanda de um estacionamento de veículos para os professores, a direção da escola garantiu que, a partir do dia 15 de março, serão disponibilizadas 49 vagas no estacionamento da rua Diamantina e 45 vagas no estacionamento CPM, situado na rua Francisco Soucassoux, totalizando 94 vagas para os professores, durante os horários das aulas. O Ânima se responsabilizará pelo custeio do estacionamento, independentemente da data de vencimento (15 de março ou 5 de abril).

 

Em resposta à cobrança sobre a estabilidade da diretoria da Ad-Uni, os gestores do Uni-BH informaram que ainda não foi discutida uma solução para o caso, mas colocarão em pauta o mais breve possível.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha