Notícias

Vigília no Senado: CTB afirma que a classe trabalhadora resistirá a todo custo

11 de julho de 2017

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) promove nesta terça-feira (11), desde às 9 horas, na entrada do anexo II do senado um ato contra a aprovação da Reforma Trabalhista.

“Os direitos da classe trabalhadora não podem ser transformados em moeda de troca, sob pena de traição aberta aos interesses maiores da classe”, afirmou o presidente nacional da CTB, Adilson Araújo. E convocou para a luta: “A CTB reitera sua orientação: luta sem trégua e sem fronteiras em defesa da CLT, da Previdência, da democracia e da soberania nacional.”

Durante o ato, os dirigentes da CTB reforçam a importância de manter a resistência contra a malfada medida, que visa promover uma devastação nos direitos sociais e trabalhistas.

Ao lado do deputado cetebistas Assis Melo (PCdoB-RS), Vicente Selistre, vice-presidente da CTB ressaltou o papel incansável dos parlamentares da oposição e aproveitou para convidar os senadores e deputados da oposição a se somarem aos manifestantes cetebistas que estarão na entrada do anexo II, na manhã da terça-feira, se manifestando contra “a mãe das batalhas”, como considerou Selistre.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha