Notícias

Artigo: Professor reconhece importância do Sinpro Minas

20 de março de 2012

Homenagem e reconhecimento ao Sinpro Minas

 

Caros amigos leitores, conhecidos e anônimos, sobretudo irmãos em Cristo. Há tempos, carrego em meu intimo, o desejo de expressar uma gratidão sem limites à atuação de meus pares, dirigentes desta instituição, Sinpro Minas.

 

Desde primórdios dos anos 80, mais precisamente no primeiro quinquênio, tornei-me sócio deste sindicato, levando a cabo o desafio hercúleo de proporcionar uma educação social e científica de qualidade aos meus três filhos, duas moças e um rapaz.

 

Vindo na condição de primogênito de família de origem pobre, totalizando 11 irmãos, de tanto ouvir falar de Juscelino Kubistchek, o visionário JK, interessei-me pelo “modus faciendi” que alavancou a vida deste brasileiro incomparável, percebendo que somente através do estudo sério, alcançaria o objetivo de alçar voos mais altos, para minha pessoa e família em fase de constituição. JK disse certa vez em discurso, ”Li, li muito, li bastante, em quantidade e qualidade, e compreendi que somente através dos livros, pude quebrar as algemas que me atrelavam e desatar a língua que desatada ficou por várias décadas”.

 

Quero dizer que elegi um líder, que também foi espelho, no qual refletia minhas aspirações e começando a trabalhar em 1956, aos 14 anos, estudei por longos 28 anos e ao final, concluindo o ginasial, curso técnico, licenciatura, Administração de Empresas, Ciências Contábeis e pós-graduação, tive a honra e felicidade ao ser convidado para lecionar na UNA e logo após, enfrentei banca examinadora na PUC-MG e novamente abençoado por Deus, obtive êxito.

 

Na condição de professor, concomitante às da iniciativa privada e serviço público, acumulei experiência e cabedal, associando-me ao Sinpro, que sem dúvida foi a mola propulsora na educação dos meus filhos, através da obtenção de “bolsas de estudos”, sem as quais o caminho seria tortuoso para não dizer intransponível.

 

Após conversa proveitosa com o ex-presidente do Sinpro Minas, Prof. Newton Pereira de Souza, revelei o grau de satisfação de estar ali entre meus pares, apesar de aposentado e o desejo imenso de reconhecer, verbalizando a satisfação de haver contribuído de maneira efetiva na consolidação de gerações e em contrapartida, recebendo o benefício da concessão de bolsas de estudos, fundamental na educação e formação de meus filhos.

 

Falo com a alma e o coração, agradecendo a Deus haver participado desta classe seleta.

 

Vicente de Paula Cruz Filho

Ex-professor da UNA e PUC-MG

Ex-membro do CRC-MG

Auditor aposentado da PBH

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha