Notícias

Assembleia de professores do Promove no dia 30/1

27 de janeiro de 2009

 
Mantida a assembleia do dia 30/01, às 10 horas no Sinpro

    O Sinpro Minas comunica aos professores do Promove que está mantida a assembleia agendada para esta sexta-feira dia 30/01, às 10 horas, no sindicato. Para desmobilizar o movimento da categoria, a direção do Promove convocou os professores para uma reunião no mesmo dia e horário da assembleia de professores que irá discutir os atrasos de salários.
    O sindicato encaminhou à instituição um ofício alertando sobre a irregularidade de convocação de professores no período de férias. Conforme a cláusula 8ª da Convenção Coletiva de Trabalho, as férias do pessoal docente são coletivas durante todo o mês de janeiro, portanto, ininterruptas. Portanto, caso a reunião ocorra, poderá ser configurado descumprimento legal,  levando o sindicato tomar as medidas cabíveis.
 
 

À Direção

Associação Educativa do Brasil – Soebras/Promove

 

 

 

Prezados senhores,

 

Conforme Cláusula 8ª da Convenção Coletiva de Trabalho dos professores, as férias do pessoal docente são coletivas durante todo o mês de janeiro, portanto, ininterruptas. Fica, por isso, vedado exigir do professor qualquer atividade no período citado, mesmo que seja reunião.

 

Como chegou ao nosso conhecimento que esse estabelecimento de ensino está convocando os professores lotados nas escolas Promove da capital para uma reunião na próxima sexta-feira, comunicamos que, conforme a cláusula citada acima, a realização da mesma configurará descumprimento legal, levando o sindicato a tomar as medidas cabíveis.

 

 

 

Atenciosamente,

 

 

 

 

Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais – Sinpro Minas

 

 

 

Assembleia de Professores do Promove

 

 

O Sinpro Minas convoca os professores de todas as unidades do Promove (Supletivo, Faculdade, Mangabeiras, Pampulha) para uma assembleia no dia 30 de janeiro, sexta-feira, às 10 horas, no Sindicato dos Professores (Rua Jaime Gomes, 198 – Floresta).  O Promove não pagou o salário de dezembro, as férias e 1/3 constitucional, além de outras irregularidades como redução de carga horária e não recolhimento do FGTS.

 

Como se não bastasse o descumprimento dos direitos trabalhistas, a instituição não se preocupou em dar qualquer satisfação, informando sobre quando irá pagar os atrasados. Os professores estão com dificuldades para programarem suas despesas mensais e cumprirem compromissos financeiros. O Sindicato considera desrespeitosa a atitude Promove e conclama a todos para participarem da assembeia que irá debater os encaminhamentos quanto às irregularidades praticadas pela escola.

 

 

Assembleia

 

30/01/09 – sexta-feira – Sinpro Minas (Rua Jaime Gomes, 198 – Floresta)

Pauta: Encaminhamentos sobre atraso de salário e descumprimento da CCT

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha