Notícias

Ataque ao direito de greve

28 de agosto de 2007

Moção de repúdio ao governo de São Paulo e de solidariedade aos metroviários

A diretoria do Sinpro Minas se solidariza com os metroviários de São Paulo e considera injustas as demissões de 61 trabalhadores após o término da greve da categoria, promovidas pelo governo do Estado de São Paulo. Alguns dos metroviários tinham mais de 15 anos de serviços prestados ao Metrô. O Sindicato dos Metroviários também foi surpreendido com a decisão do Tribunal Regional de São Paulo, que estabeleceu multas de aproximadamente dois milhões de reais, o que pode inviabilizar a sobrevivência do Sindicato e a organização dos trabalhadores. A greve é um importante instrumento de luta dos trabalhadores na busca por melhores condições de trabalho e salários, além de ser uma conquista assegurada na Constituição Federal, no seu Artigo 9º. A pressão dos patrões, da mídia e do governo serve aos interesses do capital para desmobilizar os trabalhadores e enfraquecer os sindicatos. O Sinpro Minas repudia as atitudes arbitrárias da direção do metrô e do governo do Estado de São Paulo, manifestando-se pela imediata readmissão dos metroviários demitidos e a revisão da decisão judicial que pune o Sindicato dos Metroviários de São Paulo.

Diretoria do Sinpro Minas13/08/2007

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha