Notícias

Até agora, nenhuma faculdade protocolou proposta de plano de carreira

18 de julho de 2011

Faltando duas semanas para encerrar o prazo previsto na Convenção Coletiva de Trabalho dos professores das escolas particulares do Triângulo Mineiro para a formulação, debate e aprovação de um plano de carreira para os professores do ensino superior, nenhuma faculdade apresentou proposta para o Sinpro Minas até o momento. “Estamos avaliando que será resgatado o direito dos trabalhadores que motivou o debate: o pagamento de 10% de extraclasse retroativo a abril de 2009”, ressalta o coordenador regional do Sinpro, Marcos Gennari.

 

Nas últimas semanas, os diretores nas regionais do Sinpro em Uberaba e Uberlândia estão negociando com o sindicato patronal um plano básico para estabelecer diretrizes de um futuro plano de carreira do ensino superior. Na avaliação da diretoria do Sinpro Minas, o Plano de Carreira é importante porque significa uma forma de reconhecimento da titulação e o estabelecimento de fato de uma carreira para os docentes do ensino superior. No entanto, a entidade reafirma que não concordará com qualquer iniciativa que leve à perda de direitos. 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha