Notícias

Bolsonaro anuncia especialista em finanças para Ministério da Educação

26 de junho de 2020

Decotelli é ligado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, e ao presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco. É também mais um militar a ocupar cargo no primeiro escalão

O novo ministro da educação foi anunciado ontem (25) pelo presidente Jair Bolsonaro, por meio de postagem no Twitter. É o professor Carlos Alberto Decotelli da Silva. Ele assume a vaga deixada por Abraham Weintraub, que ficou no cargo por 14 meses e viajou às pressas para os Estados Unidos.

Decotelli é o terceiro ministro da Educação de Bolsonaro. Antes de Weintraub, o chefe da pasta era Ricardo Vélez Rodríguez.

Segundo o post de Bolsonaro, o homem que vai comandar a educação é bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro e mestre pela Fundação Getúlio Vargas.

Economista e especialista em finanças, ele presidiu o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) de fevereiro a agosto de 2019, mas não tem formação na área. O novo titular da pasta é ligado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, com quem já trabalhou. Ele também já atuou com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco. É também mais um militar – oficial da reserva da Marinha – a ocupar cargo no primeiro escalão.

“Não houve nenhuma demanda, nenhuma fala sobre questão ideológica, até porque eu não tenho nenhuma competência ideológica. A minha formação é na área de gestão e finanças”, afirmou o novo ministro, ao comentar sua nomeação à CNN Brasil.

Dez militares
Oficial da reserva da Marinha, Decotelli é o décimo ministro militar de Bolsonaro, incluindo o interino da Saúde, Eduardo Pazuello. Os outros são Walter Souza Braga Netto (Casa Civil), Augusto Heleno (Segurança Institucional), Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Wagner Rosário (CGU), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) e Bento Albuquerque (Minas e Energia).

Em postagem no Twitter , o professor e jornalista Laurindo Lalo Leal Filho afirma que, como presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), de fevereiro a agosto de 2019, o novo ministro da Educação autorizou uma licitação de R$ 3 bilhões para a compra de equipamentos eletrônicos para escolas em todo o país.

“Ao analisar a compra, a Controladoria Geral da União (CGU) descobriu, entre outras irregularidades, que uma escola de Minas Gerais receberia 118 notebooks por aluno”, escreve Lalo.

De acordo com a revista Época, o caso que mais chamou atenção se refere à Escola Municipal Laura Queiroz, de Itabirito (MG), “que registrou demanda de 30.030 laptops educacionais, embora a escola só tenha registrado na planilha o número de 255 alunos (117,76 laptops por aluno)”.

Os números são de documentos da Controladoria Geral da União (CGU) de 26 de agosto. O então presidente do FNDE foi exonerado do cargo três dias depois, no dia 29, e a licitação foi suspensa na semana seguinte.

Identidade racial
O jurista, filósofo, escritor e professor Silvio Almeida contesta a postura de quem “comemora” que “finalmente temos um negro no Ministério da Educação!”. O correto, para ele, seria que houvesse uma nomeação técnica ao comando da pasta. “Isso demonstra como a manipulação da identidade racial é feita”, escreve, nas redes sociais.

Em sua opinião, o racismo “retira do horizonte” um debate que envolve as questões que realmente importam. A primeira, o questionamento sobre o que um técnico pode fazer, mesmo se for de alto nível, “diante de um governo disposto a destruir o país”

A segunda, é o questionamento sobre o que fará o ministro diante dos grandes problemas da educação em um governo influenciado pelo negacionismo. “Paremos, portanto, de olhar para o indivíduo. Olhemos para como o governo trata a educação em um país de profunda desigualdade. Olhemos para a aplicação dos recursos e seus impactos. Olhemos para as políticas públicas. É isso que importa”, defende Almeida.

Por: Rede Brasil Atual

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha