Notícias

Brasília ocupada! Fora Temer! Diretas Já!

Milhares de trabalhadores de vários estados estão em Brasília nesta quarta-feira (24/05) para fazer ecoar o grito do povo brasileiro contra as reformas, que são um verdadeiro desmonte da Previdência e das leis trabalhistas, e pelas Diretas Já. São esperadas mais de 100 mil pessoas de todos os cantos do país. Os trabalhadores, organizados pelas centrais sindicais e pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, querem impedir o atropelo nas votações das reformas, depois das últimas denúncias de corrupção que incriminam o presidente Michel Temer e o senador Aécio Neves.

Diversas delegações de Minas Gerais, inclusive do Sinpro e da CTB Minas, também estão presentes em Brasília. Para a presidenta do Sinpro Minas, Valéria Morato, o ato de ocupar Brasília fortalece ainda mais a unidade dos movimentos sindical e social que, ao longo dos últimos meses, têm realizado uma série de ações e manifestações conjuntas para denunciar o projeto golpista de Michel Temer de retirada de direitos do povo brasileiro.

“O Brasil se desloca para Brasília fazendo pressão nas ruas em uma marcha que está superando as nossas expectativas”, declarou o presidente da CTB, Adilson Araújo. Na opinião dele, as centrais sindicais não vão permitir que se aproveitem do clima de instabilidade para salvar ‘na calada da noite’ interesses particulares. “As centrais de um modo geral querem encontrar soluções democráticas para a crise e vão se dando conta da dimensão do estrago que a crise política está provocando nos trabalhadores. Então, não há outro caminho que não seja fazer um grande movimento político de massas em defesa do Brasil, motivado pela constituição de uma ampla frente democrática e em defesa do desenvolvimento, crescimento econômico e da geração de emprego e renda”, afirmou Adilson.

foto ronaldo

Participam do Ocupe Brasília a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), Intersindical, CSP-Conlutas, Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e União Geral dos Trabalhadores (UGT), além de dezenas de movimentos sociais e estudantis.

Leia a nota da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino – Contee – sobre o Ocupe Brasília:

panfleto

Fotos: Ronaldo Souza

Fonte: Vermelho, Contee

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha