Notícias

Comitê vai monitorar ações de combate ao tráfico de pessoas

31 de janeiro de 2014

(Agência Brasil) Os
membros do Comitê Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas
(Conatrap) tomaram posse, no dia 29, com o objetivo de reforçar as
estratégias de combate ao tráfico de pessoas. O comitê é formado por 26
representantes da sociedade civil e de órgãos do governo federal e terá
por atribuições propor estratégias para a implementação de políticas
públicas, desenvolver estudos e acompanhar a implementação dos planos
nacionais de enfrentamento ao tráfico de pessoas.

Durante a cerimônia de posse, o
ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, defendeu a necessidade de
maior integração do governo e da sociedade civil para o enfrentamento
deste tipo de crime. “É fundamental que o estado brasileiro, que hoje
tem uma política clara de enfrentamento ao tráfico de pessoas, se una à
sociedade para que juntos consigamos atacar este gravísimo problema que
vivemos. É inaceitável que, no século 21, nós tenhamos tráfico de
pessoas, que tenhamos trabalho escravo e tenhamos mulheres colocadas
nessa condição em decorrência desse crime”, disse Cardozo.

O Ministro da Justiça classificou o
crime como subterrâneo. Segundo Cardozo, muitas vezes as vítimas têm
medo de denunciar, o que faz com que não se tenha números precisos sobre
esta prática, geralmente associada ao trabalho escravo e de crianças,
adolescentes e mulheres para fins de exploração sexual. “Ele é difícil
de ser combatido porque ele é subterrâneo, as vítimas, muitas vezes, têm
vergonha de denunciar esta prática a que foram submetidas.”

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Comitê vai monitorar ações de combate ao tráfico de pessoas (Agência Brasil – 29/01/2014)

Fonte: Agência Patrícia Galvão

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha