Notícias

Concurso público na FHA é resultado de muita mobilização

29 de junho de 2012

No dia 26 de junho foi publicado o edital do concurso público para os cargos de técnico e analista universitário e professor universitário na Fundação Helena Antipoff (FHA). A diretoria do Sinpro Minas comemorou a notícia, com a consciência de que a realização de concurso na FHA é resultado de intensa mobilização nos últimos anos, que contou com a participação do sindicato e do Ministério Público.

 

Em janeiro deste ano, o Ministério Público emitiu um despacho exigindo a realização de concurso público como previsto em lei, em resposta à denúncia encaminhada pelo Sindicato dos Professores.

 

O lançamento do concurso pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) representa uma vitória do movimento dos trabalhadores, que resultou na desprivatização do Instituto Superior de Educação Anísio Teixeira (ISEAT/FHA).

 

Na época, o Sinpro Minas foi signatário do Termo de Ajustamento de Conduta firmado com o governo do Estado, com a intermediação do Ministério Público. Para o atual presidente do Sinpro Minas, Marco Eliel de Carvalho, apesar da conquista, as condições estabelecidas no edital representam apenas um começo para os trabalhadores, que devem continuar lutando para ampliar suas conquistas e garantir seus direitos.  

 

O edital está disponível no site do IBFC. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, por meio do endereço eletrônico www.ibfc.org.br, entre 26 de julho e 28 de agosto deste ano. Estão disponíveis, no total, 89 vagas.

 

Para os cargos de técnico universitário e de analista universitário a carga horária será de 40 horas semanais. Para os cargos de professor de educação superior, a carga horária é de 20h ou 40h. Os salários variam de R$ 928,66 a R$ 2.465,63.

 

A data prevista para a realização das provas é o dia 30 de setembro deste ano, em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Será aplicada prova objetiva com 60 questões para todos os cargos. Para os candidatos a professor de educação superior, haverá ainda, no mesmo dia, aplicação de prova dissertativa.

 

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha