Notícias

Confira a programação de março das atividades cineclubistas do Sinpro Minas

2 de março de 2011

No  Cineclube Joaquim Pedro de Andrade, as sessões ocorrem sempre às terças-feiras, às 19 horas. No Cineclube Uma tela no meu bairro, às quintas-feiras, às 18h30. Não perca! A entrada é gratuita.     

Cineclube Joaquim Pedro de AndradeRua Tupinambás, 179 – 14º andarCentro – Belo Horizonte/MGSessões: terças-feiras, às 19 horas

Cineclube Uma tela no meu bairroRua Jaime Gomes, 198 – FlorestaBelo Horizonte/MGSessões: quintas-feiras, às 18h30

Entrada franca – Informações: 3115-3000

 

Programaçãomarço de 2011

  • 01 DE MARÇO – terça-feira – 19h – A professora de pianoDireção:  Michael Haneke – Drama – 131 min Érika Kohut (Isabelle Hupert) é uma professora de piano no Conservatório de Viena que sente prazer em freqüentar em segredo cinemas pornôs. Um dia, no entanto, vê sua vida transformada, quando começa a ter um mórbido relacionamento com o jovem aluno Walter (Benoit Magimel).

  • 15 DE MARÇO – terça-feira – 19h – A piscinaDireção:  Jacques Deray – Drama – 110 min A história é uma tragédia romântica na qual o amor e a dor são abordados através de  um triângulo amoroso: Romy amava Delon e vice-versa, mas, um dia, resolvem tirar uns dias em Saint Tropez, onde aparece um terceiro personagem desencadeando muitas intrigas e um assassinato.

  • 22 DE MARÇO – terça-feira – 19h – Uma garota dividida em doisDireção:  Claude Chabrol – Drama – 104 min Uma bela jovem de 25 anos vive cercada por livros com sua mãe em Lyon, onde trabalha para um canal de TV a cabo. Certo dia, em um evento, ela conhece um grande escritor que é casado e trinta anos mais velho, que acaba a seduzindo. Logo o homem se apaixona por ela, mas então descobre que terá de disputar o seu amor com um jovem milionário e desiquilibrado. Assim, ela se vê dividida, no meio de uma disputa de dois homens completamente diferentes pelo seu amor.

  • 29 DE MARÇO – terça-feira – 19h – Bocaccio 70Direção:  De Sica, Fellini, Monicelli e Viconti – Comédia Romântica – 205 min Uma comédia inesquecível, em quatro episódios, sobre a mulher contemporânea. ”Renzo & Luciana” (Monicelli): Casal de operários que, para não perder o emprego, se casa escondido do chefe; ”As Tentações do Dr. Antonio” (Fellini): Moralista obcecado com a sensual mulher de um outdoor (Anita Ekberg); ”O Trabalho” (Visconti): Romy Schneider é a mulher que decide, de maneira muito criativa, vingar-se do marido infiel; ”A Rifa” (De Sica): Em Nápoles, Sophia Loren se oferece para ser prêmio de uma rifa.  

Uma tela no meu bairro

  • Quinta-feira – 10/03 – 18h30 – Vida de meninaDireção: Helena Solberg – Drama – 101 minTendo como pano de fundo um Brasil que acaba de abolir a escravatura e proclamar a República, Helena Morley começa a escrever o seu diário, que nos revela seu universo e um país que adolesce com a menina. Helena vive na remota cidade de Diamantina em Minas Gerais, símbolo da era de mineração agora em franca decadência. Em um momento crítico de sua vida, ela briga para estabelecer sua liberdade e individualidade. 

  • Quinta-feira – 17/03 – 18h30 – A pessoa é para o que nasceDireção: Roberto Berliner – Drama – 85 minTrês irmãs cegas. Unidas por esta incomum peripécia do destino, Regina, Maria e Conceição viveram toda sua vida cantando e tocando ganzá em troca de esmolas nas cidades e feiras do Nordeste do Brasil. O filme acompanha os afazeres cotidianos destas mulheres, revela suas curiosas estratégias de sobrevivência e o efeito do cinema em suas  vidas  transformando-as em celebridades.

  • Quinta-feira – 24/03 – 18h30 – Bagdad caféDireção: Percy Adlon – Drama – 95 minDepois de brigar com seu marido e abandoná-lo na estrada, a turista alemã Jasmin (Marianne Sägebrecht) caminha pelo deserto do Arizona até chegar ao posto-motel Bagdad Café. Recebida com aspereza por Brenda (CCH Pounder), a dona do local que acabou de colocar o marido para fora de casa, Jasmin aos poucos se acostuma com os clientes e hóspedes do motel. 

  • Quinta-feira – 31/03 – 18h30 – Crime delicadoDireção: Beto Brand – Drama – 87 minAntônio Martins (Marco Ricca) é um crítico teatral. Observador também de pessoas, tem seus conceitos mudados quando conhece Inês (Lilian Taublib), cuja personalidade é oposta à do crítico. Desinibida, Inês entra na vida de Antônio de forma a desestruturá-lo ao despertar uma paixão. Ela mantém um relacionamento com o pintor José Torres Campana (Felipe Ehrenberg), que a usa como musa de seus quadros. A relação desperta ciúme doentio em Antônio e o conduz em uma espiral de ansiedade, ciúme, perturbação e ilusão.­­­

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha