Notícias

Desrespeitos da Soebras ferem a dignidade dos professores

3 de janeiro de 2011

A rede Soebras, há muito tempo, demonstra que não respeita as leis nem teme a justiça. Mesmo com constantes multas e fiscalizações do Ministério do Trabalho e ações ajuizadas tanto pelo Sindicato dos Professores (Sinpro Minas) como pelo INSS, a instituição de ensino continua a desrespeitar os direitos dos professores. Apesar de diversas investigações encaminhadas pelo Ministério Público do Trabalho e Ministério Público Federal, a Soebras, que se diz filantrópica, continua recebendo financiamento público.

 

A maioria dos professores está sem receber os salários em dia, assim como o 13º salário. Muitos também não sabem se receberão as férias.  Sem contar que há dezenas de professores que foram demitidos nos últimos meses de 2010 e, até agora, a Soebras sequer informou quando irá comparecer para efetuar as rescisões de contrato e pagar aos professores os valores devidos.

 

São dezenas de profissionais, contando-se somente os de Montes Claros e Norte de Minas, pais de família que dedicaram suas vidas, fizeram o melhor, se comprometeram com o desenvolvimento do projeto da instituição, com os alunos e a comunidade. Muitos desses trabalhadores vieram de outras regiões, com a esperança de um emprego digno, e agora se vêem desprezados pela empresa, demitidos sem nenhum apreço ou justificativa. Simplesmente têm seus contratos encerrados, sem a devida indenização, o mínimo que a lei determina.

 

O Sinpro Minas convoca a todos os professores que tenham rescisões contratuais pendentes com a Soebras, bem como aos que têm valores a receber da mesma, referentes a pagamentos em atraso e outros, para que entrem em contato com o sindicato, para mais esclarecimentos e adoção das ações cabíveis.

 

 

 

 

 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha