Notícias

Distribuição de bolsas em 2022

A distribuição de bolsas de estudos em 2022 será feita por todas as regionais do sindicato. Serão distribuídas bolsas de ensino básico, superior, pré-vestibular, idiomas, cláusula 21, cursos preparatórios e livres para escolas em todas as cidades do estado (com exceção de Juiz de Fora).

Primeira parte
O processo será feito em duas etapas. A primeira delas tem o objetivo de regularizar possíveis pendências financeiras e é destinada aos professores que se encontram em uma das situações abaixo:

a) contratados por uma nova escola (clique aqui e confira os documentos que serão necessários);

b) demitidos (clique aqui);

c) se as escolas não estiverem descontando no contracheque a contribuição mensal do Sinpro Minas (clique aqui);

d) estiverem de licença INSS ou licença sem remuneração (clique aqui).

Os professores que vão pedir bolsas para escolas localizadas em Belo Horizonte e região e que estiverem em uma das situações acima deverão enviar e-mail para o setor de Taxas (taxas@sinprominas.org.br), com os respectivos documentos solicitados, que podem ser acessados no “clique aqui” de cada situação.

Já os docentes que vão pedir bolsas para escolas nas demais cidades do estado e que se encontram em uma das situações acima deverão enviar os documentos para o e-mail da regional do sindicato que abrange o município onde a instituição de ensino está localizada (clique aqui e confira os e-mails das regionais).

Os documentos devem ser enviados entre 13 de dezembro e 28 de janeiro. Essa primeira etapa é destinada exclusivamente para resolver possíveis pendências financeiras, com o objetivo de agilizar o atendimento presencial e evitar aglomeração. Não serão aceitos pedidos de bolsas nesta etapa.

O sindicato vai responder, por e-mail, com as informações de como proceder para regularizar a pendência, caso ela exista.

Segunda parte: distribuição

Aguarde mais informações em breve (com exceção das regionais de Uberaba e Uberlândia).

Clique aqui e confira o calendário das regionais de Uberaba e Uberlândia (cidades abrangidas pela CCT Triângulo Mineiro). Excepcionalmente, em razão da CCT 2021/23, por imposição dos donos das escolas na região, não seguiremos o calendário único do estado de Minas Gerais.

A distribuição dos benefícios seguirá os mesmos critérios usados nas ocasiões anteriores – número crescente de matrícula no Sinpro Minas e ordem das chamadas (1ª, 2ª e 3ª chamadas).

Clique aqui e saiba mais sobre os critérios de distribuição de bolsas.

Importante:
Na distribuição, todos os professores deverão enviar ao sindicato os seguintes documentos:

– Carteira profissional atualizada (foto, qualificação civil e todos os contratos de trabalho até a última página em branco);

– Cópia dos 3 últimos contracheques (referentes ao/aos contrato/os de trabalho vigente/es);

– Cópia da carteira de identidade ou certidão de nascimento do aluno/bolsista;

– Cópia da certidão de casamento (caso o cônjuge seja o beneficiário da gratuidade);

– Comprovante de matrícula ou mensalidade do aluno/bolsista.

Para solicitar bolsas em escolas nas demais cidades do estado, os documentos deverão ser enviados para o e-mail da regional do sindicato que abrange a cidade onde a instituição de ensino está localizada (clique aqui e confira os e-mails das regionais).

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha