Notícias

Duas escolas de Uberaba reajustam salários dos professores em 10%

11 de março de 2011

A mobilização dos trabalhadores das escolas particulares do Triângulo Mineiro é crescente. A diretoria do Sinpro Minas visitou as escolas da região e verificou um envolvimento maior da categoria. A situação melhorou após duas escolas terem adiantado em 10% o reajuste nos salários dos trabalhadores, contra os 5% indicado pelo sindicato patronal. “A paralisação ocorrida em Araxá está levando à compreensão da categoria de que somente com mobilização será possível obter conquistas”, ressalta o coordenador regional do Sinpro, Marcos Gennari.

A negociação com o patronal do Triângulo Mineiro ocorre nesta sexta à tarde em Uberlândia. Caso não avance as negociações, a assembléia da categoria, sábado às 9 horas na sede do Sinpro (rua Álfen Paixão, 105) poderá seguir o exemplo de Belo Horizonte e aprovar uma ação de mobilização para a quarta-feira, dia 16. A média de reajuste nas mensalidades do Triângulo Mineiro foi de 9,2% em 2011.

Nos últimos cinco anos, o reajuste foi sempre superior à inflação anual, enquanto os salários tiveram a correção apenas da inflação do período. “Nada mais justo do que o aumento real nos salários agora em 2011”, conclui o sindicalista. O Sinpro no Triângulo quer reajuste de 13,6% nos salários, que inclui a inflação mais aumento real e produtividade.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha