Notícias

Fundação Pedro Leopoldo deixa de pagar salário de professores

27 de setembro de 2021

A Fundação Pedro Leopoldo informou aos professores da instituição de ensino, em mensagem enviada por e-mail, que não irá pagar o salário de agosto. Para o Sindicato dos Professores de Minas Gerais (Sinpro Minas), trata-se de mais uma decisão da Fundação que afronta os direitos dos docentes.

Desde 2019, os professores da instituição de ensino têm convivido com constantes atrasos de pagamento de salários e recebido apenas uma pequena parcela dos valores devidos, menor que a metade do vencimento. Houve meses em que não receberam nada – em total desacordo com o que determina a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria.

O Sinpro Minas já entrou com três ações na Justiça para que a instituição de ensino corrija todas as irregularidades. A solução da alegada instabilidade financeira da instituição de ensino não pode passar pela precarização ainda maior das condições de trabalho e vida dos docentes.

Em reuniões, a Fundação reconhece as irregularidades, mas até o momento não apresentou uma proposta satisfatória para resolvê-las. Ao contrário disso, tem agido de forma arbitrária e tomado decisões unilaterais, sem nenhum respeito aos direitos de professores e demais funcionários.

Diante dessa situação, o Sinpro Minas repudia a postura da direção da Fundação, que evidencia o descaso com as dificuldades enfrentadas pelos professores. O sindicato também reafirma o compromisso com a defesa dos direitos da categoria e espera que a instituição de ensino busque soluções que valorizem seu corpo docente, que cotidianamente se empenha para construir uma educação de qualidade em Pedro Leopoldo.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha