Notícias

Greve da educação privada continua!

Professoras e professores decidem manter greve

Reunidos em assembleia, professoras e professores do setor privado de ensino de Minas decidiram estender a greve até esta quarta-feira, 2/5, quando voltam a avaliar o desenrolar das negociações às 18h, no hall da Assembleia Legislativa.

A categoria entendeu que as negociações com o sindicato patronal no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que duraram mais de sete horas, pouco evoluíram e, por isso, decidiu continuar parada.

Os principais pontos que os professores exigem são:

1.Continuidade das homologações das rescisões no sindicato. A homologação é um momento em que o professor está fragilizado e precisa da presença do Sinpro. Fundamentalmente para conferir suas contas. Não existe ônus para o patronal, logo não existe motivo para recusa da cláusula.

2.Reajuste conforme nossa pauta deliberada em assembleia (INPC + 3%). As mensalidades escolares subiram em média 12% na RMBH, não havendo motivo para não conceder o reajuste pedido que ficou abaixo das mensalidades escolares.

3.Não punição dos grevistas, conforme lei de greve e organização sindical.

4.Contribuição sindical descontada conforme autorização de assembleia (podendo professor se manifestar contra, conforme proposta do desembargador, que a assembleia acatou, porém o Sinep não).

MOBILIZAÇÕES

Às 14h30 desta quarta (2/5) representantes dos trabalhadores e do sindicato patronal retomam às negociações. Depois, às 18h, os docentes vão se reunir em nova assembleia para avaliar o resultado das negociações.

Ficou definido, ainda, que a categoria vai realizar uma vigília a partir das 9h30 diante da sede do sindicato patronal (Sinep), na rua Araguari, 644, no Barro Preto, para pressionar os patrões, que se mostraram intransigentes nas negociações.

Professores e professoras têm recebido a solidariedade de alunos de várias escolas e entidades estudantis, como é o caso do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da PUC Minas, da UBES, UCMG, UEE entre outras inclusive organizações de pais.

Nossos direitos, nossa luta!

Confira galeria de imagens da assembleia e da mobilização no TRT

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Montes Claros
Poços de Caldas
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia