Notícias

Ignorância e ódio: sede das entidades estudantis amanhece pichada

14 de março de 2016

Na manhã deste sábado (12), a sede da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) amanheceu pichada com palavras de ódio e discriminação.Mas “continuaremos lutando ao lado da democracia e do nosso povo”, diz Carina Vitral, presidenta da UNE. Ela ressalta que a sede amanheceu pichada carregada de tinta do “ódio e ignorância”. Justamente um dia antes “da passeata da direita para nos intimidar”.

A líder estudantil acrescenta ainda que o último ataque à sede da UNE ocorreu no dia 1º de abril de 1964, quando os golpistas incendiaram a sede da entidade máxima dos universitários, situada na Praia do Flamengo, 132, no Rio de Janeiro.

Carina assegura também que essa atitude só demonstra que “estamos no caminho certo, travando a boa luta. Isso só nos dá mais força”.

Assista vídeo com Carina, presidenta da UNE:

 

Outros ataques

A sede estadual do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) também amanheceu pichada com dizeres de ódio. Na noite desta sexta-feira (11) a sede do Partido dos Trabalhadores (PT) teve uma reunião interrompida por policiais militares sem nenhum mandado da Justiça.

“Houve uma situação que nos lembrou o período de exceção e reflete o momento que passamos hoje. Ficou-nos claro, foram ali para intimidar. Infelizmente a polícia tucana a serviço da tentativa de golpe”, disse ao jornal ABCD Maior o deputado federal Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho.

Recentemente dois dirigentes do PCdoB foram assassinados. O presidente e o secretário da torcida organizada do Corinthians, Gaviões da Fiel foram espancados após a Gaviões manifestar-se nos estádios contra a máfia que rouba a merenda das crianças no estado de São Paulo, contra a exclusividade da Globo nas transmissões de futebol e também contra a Federação Paulista de Futebol e Confederação Brasileira de Futebol.

A sede do PCdoB de Sergipe também foi pichado em Aracaju. Parece que os golpistas de plantão perderam realmente o controle da situação.

Carina disse em alto e bom som que “não aceitaremos que tempos de ódio e intolerância voltem ao nosso país, resistiremos ao lado da democracia e do nosso povo”.

O site do Catraca Livre promove enquete para saber o que você acha sobre o pedido da prisão de Lula? Vote aqui.

Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha