Notícias

Infectologistas recomendam retorno do uso de máscaras contra a Covid 19

21 de novembro de 2022

Com o aumento do número de casos confirmados de Covid 19 em todo o país, infectologistas voltaram a recomendar o uso de máscaras em locais fechados e de aglomeração e a destacar a necessidade de que todos tomem a dose de reforço das vacinas disponíveis no SUS.

Especialistas em saúde pública também têm ressaltado a importância das outras medidas de prevenção, como a higiene das mãos e o uso de álcool em gel, além de evitar o contato com outras pessoas, em caso de sintomas gripais.

Na quinta-feira passada (17/11), a prefeitura de Belo Horizonte determinou a volta do uso de máscaras no transporte público e nas unidades de saúde, como hospitais, postos e clínicas. A máscara precisa ser usada também nas estações de embarque e desembarque de passageiros, no transporte escolar, táxis e no transporte por aplicativo. A medida, segundo a prefeitura, vale por 15 dias e tem o objetivo de frear a expansão da Covid 19 na cidade.

Em todo o país, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi de 15.550, número que representa uma variação de 300% em relação à semana anterior, conforme dados divulgados pelas secretarias de saúde dos estados.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou no sábado (19/11) que os casos de novas infecções pela doença dispararam no país, e o aumento ocorreu em 12 estados. Por meio do Boletim InfoGripe, foi constatado que os números da infecção correspondem a 47% dos resultados positivos para doenças respiratórias nas últimas quatro semanas.

Para o Sinpro Minas, o momento requer o reforço de todas as medidas de prevenção, entre elas o uso de máscaras em locais fechados, inclusive em estabelecimentos de ensino. “Devemos redobrar a atenção neste momento, para evitar que a situação piore. Nesse sentido, é fundamental colocarmos o esquema vacinal em dia e tomarmos todos os cuidados necessários, entre eles o uso de máscaras em ambientes de aglomeração, como nas escolas. As instituições também deveriam passar a exigir a vacinação completa, uma vez que se vacinar é um ato de cuidado não somente individual, mas que repercute fortemente em todo o coletivo”, afirmou Valéria Morato, presidenta do Sinpro Minas.

No dia 11 deste mês, a PUC Minas voltou a recomendar o uso de máscaras nas unidades da instituição, diante do aumento dos casos de Covid 19 na capital. Além disso, pessoas com suspeita de infecção pelo vírus foram convidadas a relatar a situação à instituição.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha