Notícias

Investimento público em educação chegou a 5% do PIB em 2009

5 de novembro de 2010

Amanda CieglinskiRepórter da Agência Brasil

Brasília
– Levantamento divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) mostra que o
investimento público em educação chegou a 5% do Produto Interno Bruto
(PIB) em 2009. Isso representou um acréscimo de 0,3 ponto percentual em
relação ao que foi investido em 2008 (4,7%). A relação entre recursos
aplicados e PIB é um parâmetro usado internacionalmente para aferir o
volume de investimentos no setor.

O ministro da Educação, Fernando
Haddad, destacou que o incremento se deu exclusivamente na educação
básica, já que o percentual do PIB referente aos investimentos no ensino
superior foi o mesmo de 2008 (0,7%). Segundo ele, esse crescimento dos
gastos com o ensino básico é importante para diminuir a diferença em
relação ao ensino superior. Em 2000, um aluno da educação básica custava
11 vezes menos do que um universitário. Essa proporção caiu para 5,2 em
2009.

Durante a campanha eleitoral, a presidenta eleita Dilma
Rousseff defendeu que o país aplicasse 7% do PIB em educação. Esse é o
patamar médio de investimento dos países desenvolvidos.

O próximo
Plano Nacional de Educação (PNE), que será enviado ao Congresso Nacional
ainda este ano, irá traçar metas de investimento em relação ao PIB para
os próximos dez anos. De acordo com Haddad, o texto já está pronto, mas
ele não quis adiantar quais serão os percentuais recomendados.

Desde
o início da série histórica, o gasto público em educação passou de 3,9%
em 2000 para 5% em 2009. O maior crescimento se deu entre 2005 e 2006,
de 3,9% para 4,3%.

Edição: Vinicius Doria

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha