Notícias

Justiça determina reintegração de professores da Fead/Siemg

A 3a. Turma do Tribunal do Trabalho de Minas Gerais – TRT/MG deu provimento de recurso ordinário, interposto pelo Sinpro Minas, contra sentença proferida em primeira instância, para determinar a reintegração dos professores da FEAD dispensados sem justa causa no início de 2017.

No recurso, o Sinpro Minas sustentou que os professores tinham estabilidade provisória pactuada em acordo coletivo, cujo objetivo era o pagamento de salários atrasados. Alegou, ainda, que os professores foram dispensados antes do pagamento das parcelas previstas no acordo e que as dispensas se deram por motivos políticos (os professores teriam participado de comissões de greve e integrado grupo que negociou com o sindicato o acordo coletivo), uma vez que a FEAD chegou a publicar edital para contratação de novos professores dispensados.

Além da reintegração, o TRT-MG determinou o pagamento integral dos salários vencidos e a vencer, acrescidos dos adicionais por tempo de serviço, extraclasse e por aluno em turma, até a data de seu efetivo retorno ao trabalho, com as majorações legais convencionais e os encargos trabalhistas previdenciários decorrentes do contrato de trabalho.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Ponte Nova
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Teófilo Otoni
Uberaba
Uberlândia
Varginha