Notícias

Mensalidade em escolas particulares de BH vai subir 13%

4 de janeiro de 2012

As mensalidades escolares das escolas privadas de Belo Horizonte para 2012 serão reajustadas, em média, entre 8% e 12%, segundo o Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinep), mas já há estabelecimentos de ensino que ultrapassaram essa marca, chegando a 13%. O percentual é o dobro do índice de inflação previsto para o ano, de 6,5%. A disparada nos preços é justificada pelas escolas por conta do dissídio dos professores e do aumento de custos em geral nos estabelecimentos de ensino. Pesquisa do site Mercado Mineiro mostra que no primeiro ano do ensino médio as mensalidades foram reajustadas em até 11,64% entre 2011 e 2012. Já no segundo ano do ensino médio, a elevação de preços foi de 11,61%. O menor aumento do preço médio da mensalidade escolar entre este ano e o próximo foi encontrado na 1ª série do ensino fundamental, com alta de 9,15%.

O empresário Alexandre Salvador, pai de Bruno Salvador, 5 anos, e de Arthur Salvador, 2 anos, sentiu no bolso o peso do aumento da mensalidade. Tanto que adiou a entrada do filho mais novo na escola para o segundo semestre do ano que vem. “Este ano paguei R$ 1.263 ao mês, mais R$ 160 de merenda. O reajuste para o ano que vem foi de 13%”, justifica. Isso quer dizer que a matrícula para 2012 ficou em R$ 1.427,19. Segundo ele, o susto foi tanto que os pais dos alunos pediram à escola que mandasse as planilhas dos custos da instituição de ensino. “Queríamos saber a razão de os preços terem aumentado tanto. Eles explicaram que isso ocorreu por causa do aumento dos salários dos professores, do aluguel e dos custos de escritório e papelaria.”“Os pais de alunos que estudam em redes de escolas particulares de Belo Horizonte devem ficar atentos aos valores cobrados pela mensalidade escolar. Os preços variam até 176,09% da 1ª à 5ª série do ensino fundamental”, alerta Feliciano Abreu, diretor do Mercado Mineiro. Segundo ele, os pais que desejam matricular seus filhos em uma dessas séries podem encontrar mensalidades que vão de R$ 380,91 a R$ 1.051,66. Na 6ª, 7ª, 8ª e 9ª séries, os valores das mensalidades variam de R$ 428,30 a R$1.108,65, ou seja, 158,84%. Já o 1° ano do ensino médio registrou uma diferença de preços de 1.22,16%, saindo de R$ 511,00 e chegando a R$ 1.135, 26. A mensalidade do 2° ano do ensino médio pode custar entre R$ 511,00 e R$ 1.173,32, com variação de 129,61%. Já o 3° ano apresentou variação de 111,64%, com o menor preço de R$ 561,00 e o maior R$ 1.188,00.

“É importante notar que a qualidade de ensino e de infra-estrutura pode influenciar nos preços, assim como a metodologia aplicada por cada escola. Aconselhamos que os pais dos alunos e que os próprios alunos optem por uma instituição que ofereça qualidade no ensino, estrutura e profissionais capacitados”, orienta Abreu.

Fonte: Estado de Minas -12.12.11

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Opinião Sinpro Minas
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha