Notícias

Mesmo negando ganho real aos professores, donos de escola devem aumentar em 9% as mensalidades em 2024

26 de setembro de 2023

As mensalidades das escolas particulares podem subir mais que a inflação em 2024. É o que diz a pesquisa feita pelo site Melhor Escola, que ouviu 979 estabelecimentos de ensino no Brasil. A média de aumento estimada é de 9% – quase o dobro do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) do mês de agosto (4,61%) – podendo chegar a 35%.

Ao mesmo tempo, o repasse aos professores, concedido na última campanha salarial, foi apenas o equivalente ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor): 4,36%. “A anuidade escolar é composta, entre outros fatores, pelo reajuste de professores e funcionários. Mas em Minas Gerais, o sindicato patronal se negou a dar qualquer ganho real aos trabalhadores”, afirma a presidenta do Sinpro Minas, Valéria Morato.

A história se repete. Em 2023, as mensalidades ficaram, em média, 12% mais altas, quase o dobro da inflação. Já o reajuste dos professores e funcionários se manteve equivalente ao INPC e sem ganho real. “Os prejuízos com a pandemia foram usados para justificar o não aumento, mas também foi o motivo alegado para essa escalada nas mensalidades. A conta não fecha”, afirmou a dirigente.

É preciso que pais e mães fiquem atentos. Todas as escolas têm a obrigação de justificar o aumento das mensalidades através de planilha de custos. É o que determina a Lei 9.870/1999. As informações devem ser divulgadas no mínimo 45 dias antes da data final para matrícula, conforme o calendário de cada instituição de ensino.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha