Notícias

Metade dos professores da educação básica não tem formação adequada

11 de novembro de 2010

Melhorar a formação dos professores é outra lição que o plano atual não terminou. Segundo o Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb, 47% dos professores da educação básica no país não têm formação adequada. A Bahia teve a pior situação em 2007 (78,8%).
O percentual tem relação inversa com o desempenho no Ideb. Segundo estudo apresentado por Sanches, quanto maior o percentual de professores sem formação adequada, menor a média do estado no Ideb. Bahia, Maranhão e Pará, os piores em formação em 2007, estiveram na rabeira das notas naquele ano, com médias que não chegavam a 3,5. Já Paraná, Santa Catarina, Distrito Federal e São Paulo, com menor percentual de professores no segmento sem formação adequada, tiveram as melhores médias, em torno de 4,5.
O próximo plano deve trazer como investimento na área 7% do PIB nos quatro próximos anos, chegando a 10% até 2020. Das quase 300 metas do atual plano, só um terço foi cumprido. Uma das críticas é, além do grande número de metas, o fato de muitas delas estarem mais para declarações de intenções do que para metas quantificáveis. Fonte: CNTE 

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Geral
Mundo
Opinião
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha