Notícias

Movimentos sociais convocam vigília democrática contra o golpe

4 de março de 2016

Movimentos sociais, sindicatos, partidos de esquerda, centrais sindicais, entre elas a Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil (CTB), e a Frente Brasil Popular Minas se reuniram nesta sexta, 4/3, para denunciar e repudiar o golpe da direita em curso no país, com as mais recentes ações da Operação Lava-Jato.

O primeiro ato da vigília democrática contra o golpe será nesta sexta (04/03), às 15h, no Hall das Bandeiras da Assembleia Legislativa e em várias cidades mineiras.

Em nota, as entidades convocam “os cidadãos e cidadãs a resistir ao golpe e defender a democracia nas praças, câmaras municipais, locais públicos, nas redes sociais e meios de comunicação”.

#LULAestamosCOMvoce
#Não vai ter golpe!
#EmDefesadaDemocracia!
____________

“Há um golpe de estado em curso”

Na manhã desta sexta (04/03), o ex-presidente Lula foi alvo de um mandado de condução coercitiva, quando o investigado é obrigado a depor, e foi ouvido pela PF no aeroporto de Congonhas.

Em entrevista a CartaCapital, o ex-presidente da OAB do Rio de Janeiro, Wadih Damous considera ilegal a 24ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta manhã. Para ele, não há justificativa jurídica para a condução coercitiva de Lula, porque o ex-presidente jamais se recusou a comparecer em juízo. “Lula foi sequestrado pela PF, a mando da República do Paraná”. Damous também questiona a competência da jurisdição de Curitiba para investigar Lula, além de apontar uma “ação orquestrada” para derrubar o governo, inviabilizar a candidatura do ex-presidente em 2018 e cassar o registro do PT. “É um golpe”.

COMENTÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Artigo
Ciência
COVID-19
Cultura
Direitos
Educação
Entrevista
Eventos
Geral
Mundo
Opinião
Opinião Sinpro Minas
Política
Programa Extra-Classe
Publicações
Rádio Sinpro Minas
Saúde
Sinpro em Movimento
Trabalho

Regionais

Barbacena
Betim
Cataguases
Coronel Fabriciano
Divinópolis
Governador Valadares
Montes Claros
Paracatu
Patos de Minas
Poços de Caldas
Pouso Alegre
Sete Lagoas
Uberaba
Uberlândia
Varginha